quinta-feira, março 17

Tiago Martins


As preciosidades da vida vêm de lugares inimagináveis, o ouro da terra, as crianças do sangue.

Sem comentários:

Enviar um comentário